NOTÍCIA

Manchas de óleo já afetam mais de 100 praias do Brasil

Manchas de óleo já afetam mais de 100 praias do Brasil


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Um volume indeterminado de óleo derramado em alto mar se espalhou por 2.000 quilômetros da costa norte do Brasil e as autoridades estão investigando sua origem, depois que a Marinha e a estatal Petrobras descobriram que se trata de um tipo de petróleo que não foi produzido. no país. Segundo relatos das últimas horas, o número de praias afetadas seria de 115.

A polícia brasileira está investigando o surgimento de manchas de óleo que, no momento, causaram a morte de várias tartarugas marinhas e pássaros. As manchas pretas de óleo são detectadas desde o início de setembro em oito estados do Nordeste, onde estão as praias mais paradisíacas do Brasil.

O órgão ambiental do Ibama disse que trabalha desde o início de setembro com bombeiros, militares e petroleira estatal para limpar praias e apurar responsabilidades, já que derramar óleo no mar é crime ambiental severamente punido no Brasil, com multas que podem ultrapassar o equivalente a 12 milhões de dólares.

“Após verificar os relatórios e gráficos mais recentes sobre a situação das marés negras nas praias do Rio Grande do Norte, os analistas da equipe de monitoramento concluíram que a situação no Estado está estável até o momento”, disse o Ibama. na nota em que o derramamento foi relatado.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fixou neste sábado o prazo de 48 horas para que os responsáveis ​​pela Marinha e pela Polícia apresentem resultados preliminares dos dados coletados e um detalhamento das medidas adotadas até o momento.

Nas redes sociais, o avanço do petróleo bruto e a difusão de vídeos em que os spots se movem com as ondas e praias onde o petróleo atingia a areia e cobria completamente tartarugas e outros animais geravam indignação.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, viajará hoje ao estado de Sergipe, um dos estados afetados pelos vazamentos, para acompanhar os trabalhos do governo, conforme confirma sua assessoria à Associated Press.

O governo recomendou que a população e visitantes fiquem longe das áreas afetadas. Até agora, a Marinha não foi capaz de informar o tamanho total das manchas.

Fontes: https://misionesonline.net lavoz.com.ar eluniverso.com https://mundo.sputniknews.com



Vídeo: Manchas de óleo voltam a aparecer no Nordeste (Junho 2022).


Comentários:

  1. Lex

    Vou ver o que é e o que eles comem com ele

  2. Fyfe

    Quero dizer, você permite o erro. Entre vamos discutir isso.

  3. Rolland

    Acho que você não está certo. Tenho certeza. Eu posso provar. Escreva em PM, discutiremos.

  4. Corwin

    Este tópico é incrível :), muito interessante para mim))))

  5. Markey

    Eu acredito que você está errado. Vamos discutir isso. Mande-me um e-mail para PM.



Escreve uma mensagem