ALIMENTANDO

Orégano: o melhor antibiótico reconhecido pela ciência

Orégano: o melhor antibiótico reconhecido pela ciência


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O orégano é considerado um antibiótico natural, indicado (até pela ciência) para tratar diversos tipos de doenças.

Normalmente, quando a gente tem um problema de saúde, vamos ao médico, vamos à consulta e na maioria das vezes saímos do consultório com a receita na mão.

Dependendo do caso, a receita indica a compra de analgésicos e antibióticos. Porém, como se sabe, o uso indiscriminado de antibióticos está causando uma consequência imprevista até agora: as bactérias estão se adaptando e sofrendo mutações devido ao seu mecanismo de autodefesa. Como resultado, há a chamada "resistência aos antibióticos", que ocorre quando os antibióticos comuns não funcionam mais no combate às infecções.

Felizmente para nós, a natureza sábia é dotada de ervas, raízes e especiarias que nunca deixaram de funcionar ... Só foram esquecidas com o tempo, com o surgimento das “facilidades” da vida moderna. É o caso do orégano.

A palavra orégano em grego significa "alegria das montanhas" e, além de ser uma erva muito especial, é considerada um remédio perfeito, pois pode corrigir o que há de errado em nosso corpo.

O orégano é rico em antioxidantes e fitoquímicos, por isso é indicado como antiviral, analgésico, antifúngico, antiespasmódico, antiinflamatório, antitumoral e antibacteriano.

O óleo essencial de orégano também contém boro, cálcio, cobre, ferro, magnésio, manganês e zinco, bem como vitaminas A, C e niacina, o que o torna um poderoso antibiótico natural.

Orégano: o melhor antibiótico natural

Segundo pesquisadores da Universidade da Babilônia, o carvacrol, substância também presente no orégano, é capaz de destruir até bactérias de laboratório resistentes aos antibióticos comuns. O estudo revelou que as cepas de S. aureus, S. epidermidis, S. pneumonia, E. coli, Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis, Enterobacter e Serratia, que são conhecidas por serem impermeáveis ​​a produtos químicos, foram significativamente inibidas pelo carvacrol.

Além disso, outro estudo conduzido pela Universidade de Georgetown revelou que:

“A capacidade de vários óleos de especiarias para matar organismos infecciosos foi reconhecida desde os tempos antigos. Os óleos naturais podem se tornar adjuvantes valiosos ou mesmo substitutos de muitos anti-germicidas em uma variedade de condições.

É por isso que óleos essenciais, não só de orégano, mas também de outras especiarias, são usados ​​há muito tempo, mesmo quando ainda não existia essa quantidade de antibióticos artificiais.

Por isso, vamos olhar mais de perto o que a Natureza tem para nos oferecer, pois muitas vezes a solução para simples problemas de saúde pode estar à nossa frente… Ou até no nosso quintal!

Por Eliane A Oliveira, artigo em português


Vídeo: Soluções Naturais - Uma gota pode mudar sua vida (Pode 2022).