BIODIVERSIDADE

“Em 60 anos não haverá mais um hectare de floresta”

“Em 60 anos não haverá mais um hectare de floresta”


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os estragos causados ​​pelo modelo da soja, pelo modelo extrativista e pela megamineração não são temas da agenda política da Argentina. Carlos Vicente, membro da Acción por la Biodiversidad e membro da Grain, alerta para os riscos de não levar em conta as gerações futuras.

É impressionante pensar na Argentina daqui a 60 anos, porque quando se adota essa perspectiva, o cenário se torna dramático. Estamos - literalmente - esvaziando a Argentina. Lembrei-me daquele personagem de Tato Bores em que personificava um antropólogo pesquisador alemão que veio estudar o que havia sido a Argentina, da qual restara apenas um buraco na América Latina. E é isso que estamos fazendo. Estamos destruindo 200 mil hectares de florestas por ano em nosso país. Isso significa que dentro de 60 anos, e nesse ritmo, não restará um hectare de floresta, além das áreas protegidas, que será para o luxo de quem pode pagar para acessá-las. Mas eles não podem existir em um contexto de isolamento, com um país saqueado de suas florestas e ativos naturais.

Por outro lado, temos a gravidade da poluição que está ocorrendo, com os milhões de litros de agrotóxicos que despejamos todos os anos, que vão ficar no meio ambiente, e que não há indício de que esse problema esteja sendo resolvido. Isso vai continuar por gerações, afetando nossos povos.

Vale destacar também a existência da destruição de nossos solos: a soja e os modelos extrativistas estão esvaziando nossos solos - os mais ricos do planeta - de seus nutrientes e de sua vida. Com o qual enfrentamos um futuro deserto em nosso território. A isso devemos acrescentar que, com o nível de extrativismo de hidrocarbonetos e megamineração a céu aberto que existe hoje, dentro de 60 anos estaremos sem ativos naturais; e com milhares de hectares em toda a nossa serra e outros territórios onde existam hidrocarbonetos sob a contaminação dos restos deixados por essas atividades. Com água contaminada por produtos químicos usados ​​na extração por fracking.

Em apenas 60 anos, quando os jovens de 18 anos de hoje completarem 78 anos, eles poderão encontrar aquele futuro sombrio. É incrível pensar que estamos fazendo isso e que não haja ideia aos olhos de nossos dirigentes e responsáveis ​​pelas políticas - atuais e futuras - que se refira a reconstruir este cenário para os próximos 20 anos.

A isso devemos acrescentar o problema global - no qual a Argentina tem um papel importante - que é a crise climática, e que nosso modelo de agricultura industrial fornece uma boa dose de gases de efeito estufa - algo que já sabemos que vai ser irreversíveis e que a partir do ano 2030 os processos de desastres climáticos se agravem, pois já começam a ocorrer neste momento, de forma dramática - acho que um panorama terrível nos espera.

No entanto, também acredito firmemente na capacidade de nosso povo de reagir, de responder, como estão fazendo as centenas de experiências agroecológicas e de resistência que existem em toda a Cordilheira. Também a luta dos povos indígenas, que mostram que querem outro caminho. Tenho certeza de que haverá um despertar, que já está acontecendo, e que nos impedirá de chegar a esses 60 anos - a partir de agora - com esse panorama de perspectivas tão tristes e dramáticas.

Por Carlos Vicente
Membro da Acción por la Biodiversidad e membro da Grain.


Vídeo: Ernst Götsch Complete Lecture - Translated- The Best Syntropic Agriculture - Agrofloresta do Futuro (Junho 2022).


Comentários:

  1. Windsor

    Sim, a resposta quase a mesma, assim como para mim.

  2. Zulkisar

    Não é ruim, mas já vimos melhor. ... ...

  3. Gulabar

    Nele algo está. Muito obrigado pela informação, agora não vou cometer esse erro.

  4. Akilmaran

    O todo pode ser

  5. Yozshut

    Que boa frase

  6. Jaden

    Você certamente está certo. Nele algo é também para mim este pensamento é agradável, concordo plenamente com você.

  7. Acair

    Cinco probabilidades

  8. Carelton

    Bravo, esta frase brilhante apenas gravada



Escreve uma mensagem