ALIMENTANDO

1 em cada 5 mortes são devido a hábitos alimentares inadequados

1 em cada 5 mortes são devido a hábitos alimentares inadequados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As pessoas já sabem: a má nutrição está por trás de muitas doenças, como obesidade e doenças cardiovasculares. Mas o que muitas pessoas não sabem é que hábitos alimentares pouco saudáveis ​​podem matar mais do que os cigarros.

Isso é o que mostra a pesquisa do Global Burden of Disease, o maior estudo de causa de morte do mundo.

De acordo com a pesquisa, publicada na revista científica Lancet, uma em cada cinco pessoas morre de dieta inadequada.

O professor e diretor do Instituto de Medição e Avaliação de Saúde da Universidade de Washington, Cristopher Murray, disse à BBC que as consequências da má alimentação na saúde são enormes:

“Descobrimos que a dieta é um elemento muito importante; seu impacto em nosso corpo é realmente muito profundo ", diz ele.

Entre os principais vilões está o sal, responsável por cerca de 3 milhões de mortes.

O grande problema do sal é que ele favorece o aparecimento de doenças cardiovasculares, pois aumenta a pressão arterial. Também pode comprometer o funcionamento adequado do coração e dos vasos sanguíneos, causando insuficiência cardíaca.

O câncer e o diabetes também podem ser causados ​​por uma dieta inadequada. Junto com o sal, uma dieta pobre em grãos inteiros e frutas também é prejudicial à saúde. Por esse motivo, os acadêmicos recomendam uma redução no consumo de sal e carnes processadas e uma preferência maior por grãos inteiros, nozes e sementes, frutas, verduras e legumes. Esses alimentos têm efeito protetor sobre o organismo, evitando doenças.

No que diz respeito à alimentação mundial, alguns países se destacam positivamente, como França, Espanha e Israel, que apresentam menores taxas de mortalidade devido a uma alimentação pobre em nutrição.

Os países asiáticos, especialmente Sudeste, Sul e Centro, apresentam altas taxas de mortalidade devido à má alimentação.

No caso do Brasil, os dados não são favoráveis. De acordo com levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 90% dos brasileiros estão fora do padrão de alimentação saudável preconizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Por Cíntia Ferreira. Artigo em portugues


Vídeo: Hábitos para uma vida saudável (Pode 2022).