TÓPICOS

Especialistas em desinformação. A mídia e suas piores mentiras

Especialistas em desinformação. A mídia e suas piores mentiras


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

CADA PROFISSÃO EM BOGA

Já saiu de moda o tempo em que bastava dizer "li no jornal, ouvi no rádio, vi na televisão" para silenciar todos os céticos. O que está escrito no jornal, o que se ouve no rádio, o que nos é mostrado na televisão, não tem mais a credibilidade de antes. Uma nova profissão é abrir espaço para criar notícias que respondam bem ao que se espera de quem as paga. Eles se apresentam como especialistas em maquiagem de mentiras, para apresentá-las como se fossem verdades. Eles sabem como transformar a verdade em mentira e fazer da mentira o que há de mais verdadeiro. Uma carreira que tem seu preço e que se adapta bem a quem precisa ter o controle da informação para realizar seus projetos, nem sempre voltados para os órfãos ou despossuídos. Esses fabricantes de imagens e avaliações sabem como se vender. Eles têm toda a aparência de pessoas que não podem mentir e menos ainda para seus leitores ou ouvintes.

Já conhecemos as funções de assessores de imprensa dos Ministros e representantes de grandes instituições nacionais e internacionais. Suas tarefas são mostrar o lado bom e o lado bom de seus padrões, enquanto sutilmente mostra todos os lados ruins de seus adversários. O fato de esses assessores tratarem a informação de uma forma que favoreça seus chefes não surpreende ninguém e parece normal que seja assim.. Na cidade onde moro, tínhamos um prefeito que, recentemente chegado ao seu posto, procurou um especialista que soubesse garantir uma boa imagem. Ele conseguiu encontrar um na França que contratou com um salário bastante alto. O que aconteceu é que aquele especialista, ao invés de melhorar sua popularidade, fez cair. O prefeito não demorou muito para devolvê-lo ao lugar de onde veio. Nesse caso, é um assessor de comunicação que tem a responsabilidade de zelar pela boa imagem de seu chefe.

No caso da imprensa escrita e dos noticiários nacionais e internacionais a situação é diferente Eles não são especialistas em comunicação, mas de jornalista em informação. O público espera que essas grandes redes de informação com seus jornalistas contribuam com fatos verificados e forneçam análises que lhes permitam entender melhor o que está acontecendo em qualquer região do mundo. Eles são a única fonte de informação para mais de 80% da população.

Por exemplo, em nossas democracias representativas, os governos decidem tudo, mas precisam manter uma boa imagem junto ao povo. Por exemplo, em casos de despesas militares e intervenções militares em outros países, é conveniente para eles Que os eleitores saibam que o fazem por razões humanitárias e não para conquistar países, riquezas e tantos outros objetivos que nada têm a ver com a humanidade.

São dezenas de bilhões de dólares que se comprometem a cada ano em matéria de armamentos e intervenções militares em países de todo o mundo. Os líderes políticos e a mídia não se importam tanto em dar informações boas e justas sobre a realidade mas para convencer a opinião pública, por meio de várias assembleias, de que essas despesas e intervenções militares são justificadas.

Nos últimos dez anos, assistimos a uma espécie de pico no estabelecimento de meios de comunicação para enganar a opinião pública nacional e internacional. As técnicas são múltiplas e permitem o ajuste da realidade aos interesses dos atores. A rede internacional de meios de comunicação vinculados aos mesmos proprietários garante a difusão mundial de sua verdade.

Vamos ver o que essa desinformação dá

No caso do Iraque

Fomos persuadidos de que existiam armas de destruição em massa e de que era urgente intervir antes que Saddam Hussein venha envenenar a todos nós. Foi mais tarde que percebemos que era uma grande mentira sustentada pela nossa mídia. http://actualidad.rt.com/actualidad/view/89403-irak-cia-mi6-armas-inteligencia

No caso da líbia

Eles nos convenceram de que Gaddafi estava bombardeando populações inteiras de civis pelo mero prazer de matar. Essa também foi uma grande mentira, mantida pela nossa mídia. O líder da falsa revolução líbia admitiu, mais tarde muitos outros, que Gaddafi não matou os manifestantes. http://www.taringa.net/posts/offtopic/10868269/Falsedades-y-mentiras-sobre-Libia-y-Gaddafi.html

Na Síria

O que não foi dito para que o mundo saiba que o presidente Al-Assad é um ditador sanguinário que não respeita os direitos humanos e, a exemplo de Khadafi, tem prazer em matar vítimas inocentes? Numerosos são os testemunhos que dizem o contrário. Mais uma vez, as mentiras disfarçadas em verdades permitem o envio de armas e dinheiro para pagar mercenários. http://alainet.org/active/70868&lang=es


O que dizer sobre o que aconteceu na Ucrânia?

Durante meses, fomos informados de que o ex-presidente não estava mais cumprindo suas obrigações e que o povo ucraniano não suportava mais isso. Portanto, esse povo, feito refém por um presidente sem consciência, teve que ser ajudado. Agora sabemos que houve um golpe de Estado e que as eleições ocorridas há algumas semanas permitiram tornar as pessoas dóceis ao Ocidente. Os fatos revelam cada vez mais que também fomos enganados neste caso. http://www.principiamarsupia.com/2014/02/21/claves-para-comprender-lo-que-ha-ocurrido-en-uína/?relatedposts_exclude=9395

Cuba e Fidel

Este mesmo estratagema se aplica a Cuba e Fidel Castro por mais de cinquenta anos. O que não foi dito sobre Fidel e o que não foi feito para fazê-lo desaparecer? Ele é o homem que busca destruir moral e fisicamente, e ele ainda está lá, simplesmente morando em uma casa sem luxo ou brilho. A última operação de desinformação a ser publicada é apresentá-lo como um bilionário cuja fortuna pode estar escondida em uma ilha secreta. Mais uma grande mentira através de um livro que a revista francesa se dedica a divulgar. Deixo-vos em referência a um comentário de Fidel sobre todas essas campanhas mentirosas contra Cuba.
http://islamiacu.blogspot.ca/2012/01/fidel-castro-denuncia-descaradas

O governo De Venezuela revelou o plano lançado pela direita venezuelana e por Washington para assassinar o presidente Maduro. Durante vários meses, uma campanha de difamação do Presidente e da Revolução Bolivariana foi abundantemente mantida e apoiada por nossos meios de comunicação oficiais. Maduro é conhecido como um ditador, que oprime estudantes que se manifestam pacificamente, que não respeita os direitos humanos, etc. Novamente, está acima de mentiras. Eles foram atualizados pelo governo. O que a oposição e seus aliados apresentaram como uma manifestação pacífica dos estudantes acabou sendo um complô nacional e internacional envolvendo Washington, entre outros. http://www.noticias24.com/venezuela/noticia/189368/rodriguez-torres-ofrece-detalles-sobre-un-intento-de-magnicidio-frustrado-contra-maduro/

Cada vez que os acontecimentos avançam no tempo, mais descobrimos as mentiras postas à disposição de uma manipulação maquiavélica da opinião pública.. Os especialistas em desinformação se consagram como verdadeiros artistas para criar ilusões e semelhanças com a verdade para garantir intervenções militares e outras, perseguindo assim fins que nada têm a ver com os interesses dos povos afetados.

Em todas as questões relacionadas às intervenções dos Estados Unidos no mundo, Remeto a você este artigo sobre guerra assimétrica e violência nos Estados Unidos. Não creio que você encontre este artigo nos jornais que atendem ao sistema.
http://depoliticaehistoria.blogspot.ca/2014/05/la-guerra-asimetrica-y-la-violencia-en.html

Por fim, deixo-lhes o depoimento da jornalista Sharyl Attkisson, que renunciou por motivos profissionais, após ter trabalhado nas maiores redes de informação dos Estados Unidos, incluindo CNN e CBS. Ela nos conta o que acontece em meio à desinformação.
http://www.dailymotion.com/video/x1yiuex_sharyl-attkisson-ex-journaliste-a-cbs-explique-son-depart-de-la-chaine-et-parle-des-medias-de-masse_news

No momento, o pai da mentira ainda se impõe como pai da verdade, mas é possível que suas horas estejam contadas. As línguas se desprendem e as consciências despertam.

Por Oscar Fortin

Tradutor: Marius Morin

Fonte:


Vídeo: AS MAIOR MENTIRAS DE TIRINGA!!! MENTE DEMAIS, OU FIE DE UMA MÃE PARA MENTIR.. (Pode 2022).


Comentários:

  1. Cleon

    Que palavras certas ... a ideia fenomenal e brilhante

  2. Samukinos

    É notável, uma peça bastante divertida

  3. Bentleah

    É estranho ver que as pessoas permanecem indiferentes ao problema. Talvez isso se deva à crise econômica global. Embora, é claro, seja difícil dizer inequivocamente. Eu mesmo pensei por alguns minutos antes de escrever estas poucas palavras. Quem é o culpado e o que fazer é o nosso eterno problema, na minha opinião, Dostoiévski falou sobre isso.

  4. Zusida

    Exatamente! Eu acho que essa é a boa ideia.

  5. Camhlaidh

    O blog é super, todo mundo seria assim!

  6. Estcot

    Legal, eu gostei! ;)

  7. Gardall

    engraçado))

  8. Shakall

    É divertido :)

  9. Heretoga

    Faz muito tempo que não venho aqui.

  10. Casimiro

    É uma pena que eu não possa participar da discussão agora. Não tenho as informações de que preciso. Mas este tema interessa-me muito.



Escreve uma mensagem