TÓPICOS

A Assembleia das Nações Unidas está preparando um Plano para um "planeta sem poluição"

A Assembleia das Nações Unidas está preparando um Plano para um


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A conferência das Nações Unidas alertou que os humanos estão envenenando a si mesmos e ao meio ambiente em uma taxa alarmante, sendo a poluição do oceano, do solo e do ar a principal causa de morte.

Pedindo uma ação rápida e unida de governos, empresas e consumidores individuais, os enviados enfatizaram que nove milhões de pessoas morrem de poluição a cada ano, uma em cada seis mortes no mundo.

“A poluição é a principal causa de morte no planeta e temos que superá-la”, disse o chefe do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Erik Solheim, na terceira Assembleia da ONU para o Meio Ambiente (UNEA), em Nairóbi, Quênia.

A agência de notícias francesa AFP informa a contagem anual de que quase sete milhões de pessoas sucumbem por inalar toxinas transportadas pelo ar, escapamento de automóveis, emissões de fábricas e cozinhar em ambientes fechados com madeira e carvão, de acordo com um relatório recente do jornal médico The Lancet.

O chumbo na tinta causa danos cerebrais em mais de meio milhão de crianças a cada ano.

No entanto, à medida que o custo humano continua aumentando, o lixo também aumenta.

“Mais de 80% das águas residuais do mundo são lançadas no meio ambiente sem tratamento”, disse Ligia Noronha, diretora da divisão econômica do Pnuma, a jornalistas na assembleia.

"Cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são produzidos a cada ano."

A UNEA é o principal fórum para a tomada de decisões em questões relacionadas ao meio ambiente natural, com representação dos 193 países membros da ONU.

A AFP informa que esta semana reuniu ministros do meio ambiente e deputados de mais de 100 países na capital do Quênia para mudar o texto de uma declaração política mundial intitulada: Rumo a um planeta livre de poluição.

O pacto vai comprometer os países membros da ONU a limitar as incrustações da humanidade no planeta com produtos químicos, lixo não biodegradável e fumaça tóxica.

Os ministros também estão negociando uma série de resoluções antipoluição específicas para limitar a quantidade de plástico para pesca que chega ao oceano, por exemplo, e para impedir o uso de chumbo em tintas.

O recente relatório do Lancet disse que os custos de bem-estar associados à poluição, incluindo custos médicos, eram quase US $ 5 trilhões por ano, mais de 6% da produção econômica global.

“Não é apenas um problema de saúde. Não é apenas uma questão de produtividade e implicações para a economia, é também uma questão de direitos humanos ”, disse a Sra. Noronha.

“As pessoas têm o direito de viver em ambientes limpos”.

O presidente da reunião da UNEA, ministro do Meio Ambiente da Costa Rica, Edgar Gutiérrez, disse que pediu aos representantes do governo que deixassem de lado os interesses nacionais estreitos e olhassem para além das questões contenciosas para encontrar "um terreno comum".

“Considerando o todo, temos feito um péssimo trabalho cuidando do meio ambiente”, disse ele.

"E o pior de tudo isso é que agora temos muito pouco espaço para erros."

A assembleia reuniu mais de 4.500 participantes, entre representantes do governo, ONGs, cientistas e empresários.

Além do envenenamento total, a poluição causa uma série de doenças mortais, incluindo doenças cardíacas, derrame, câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica.

EcoNews (em inglês)


Vídeo: Um Plano para Salvar o Planeta Especial de férias 2011. Turma da Mônica (Pode 2022).


Comentários:

  1. Shaktikasa

    Concordo, esta é uma resposta engraçada.

  2. Ranier

    Eu não posso resolver.

  3. Dagoberto

    Se apenas cogumelos estivessem crescendo em sua boca, você não precisaria ir para a floresta pelo menos

  4. Terris

    Desculpe por interrompê-lo, há uma proposta para seguir outro caminho.



Escreve uma mensagem