TÓPICOS

Três empresas sul-americanas entre as mais poluentes do mundo

Três empresas sul-americanas entre as mais poluentes do mundo


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As 100 empresas que mais emitem gases de efeito estufa representam 25% do total das emissões anuais.

CoalIndia foi o maior emissor, com mais de 2 gigatoneladas de CO2 emitidos (inclui a cadeia de valor), seguido pela Gazprom e ExxonMobil, os três principais fornecedores de combustíveis fósseis, respectivamente carvão, gás natural e petróleo.

No que diz respeito à América do Sul, figura no ranking a brasileira Petróleo Brasileiro SA- Petrobras (10ª posição), Vale S.A. (posição 31) e a empresa colombiana Ecopetrol SA (posição 84).

O estudo insta os principais emissores de GEE a se reconverter, reduzir as emissões e aumentar os lucros. Caso tenham sucesso, ingressariam no grupo de empresas como Enel, NRG e Xcel Energy, que executam estratégias para diversificar e descarbonizar seus modelos de negócios.

“O papel dessas empresas no combate às mudanças climáticas é tão fundamental que o Acordo de Paris, ao contrário de Copenhague, Kyoto e outras reuniões da COP, explica claramente que o setor privado, em associação com os diferentes países que assinaram o acordo será o ímpeto necessário para começar a limitar o aquecimento global a menos de 2 ° C, diz o departamento de sustentabilidade da Thomson Reuters.

Os 30 principais emissores de GEE do mundo:


© Fornecido por THX Medios S.A.

MUDANÇA CLIMÁTICA EM NÚMEROS

16 dos 17 anos mais quentes já registrados no mundo ocorreram desde 2000

Há uma chance de 1 em 27 milhões de que a sequência dos anos mais quentes do mundo desde 2000 ocorra naturalmente

1,48 C é a mudança média global de temperatura desde o início da indústria

2016: terceiro ano consecutivo mais quente já registrado desde 1880

2015: segundo ano consecutivo mais quente registrado desde 1880

2014: o ano mais quente já registrado desde 1880

410 ppm: o CO 2 atmosférico pode atingir um nível sem precedentes em 2017

22 a 44 cm: projeção na elevação do nível do mar em 2100

1 trilhão de toneladas: perda cumulativa de gelo na Groenlândia entre 2011 e 2014

12% por década: taxa de declínio do gelo no Ártico

2%: recomendação para redução anual de emissões de GEE, de acordo com a comunidade científica

MSN


Vídeo: REVISÃO UFSC 2020 - Geografia. Revise com Exercícios (Pode 2022).