TÓPICOS

Cidades saudáveis ​​exigem comunidades rurais prósperas

Cidades saudáveis ​​exigem comunidades rurais prósperas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por Josefina Stubbs e David Lewis *

Agora que a cúpula do Habitat III acabou, vemos mais claramente como transformar nossas cidades em ambientes inclusivos, seguros e mais produtivos, e temos um roteiro concreto para alcançá-lo.

A Terceira Conferência das Nações Unidas sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável (Habitat III) foi realizada na capital equatoriana de 17 a 20 de outubro.

A Nova Agenda Urbana surgiu em um momento oportuno. A urbanização está se acelerando, principalmente nas nações em desenvolvimento, onde a população urbana deve dobrar até 2050.

Somente no Sul da Ásia, aumentou em 130 milhões de pessoas entre 2001 e 2011, de acordo com o último estudo do Banco Mundial. Além disso, outro aumento de 250 milhões de pessoas é projetado até 2030.

Os moradores da cidade precisam de acesso mais equitativo aos serviços básicos, como água, saneamento, habitação, bem como cuidados médicos próximos e bairros mais verdes e seguros.

Não podemos reduzir a pobreza sem investir na melhoria dos assentamentos formais e informais. No sul da Ásia, há 130 milhões de pessoas morando em favelas e provavelmente mais no atual ritmo de urbanização

Mas para impulsionar uma mudança duradoura e prosperidade para todos, os investimentos nas cidades vão de mãos dadas com uma grande transformação das áreas rurais para que fiquem a par, senão mais atraentes do que as cidades.

O crescimento exponencial das cidades deve-se em grande parte ao resultado do crescente fosso entre a realidade urbana e rural, onde a falta endêmica de serviços básicos e de oportunidades de emprego expulsa a população rural para os centros urbanos. Na pressa de enfrentar os desafios da urbanização, não podemos perder de vista o meio rural.

As comunidades rurais não estão mais isoladas do resto do mundo. Todos os setores mais jovens têm telefones celulares inteligentes e uma conexão à Internet; Eles sabem que há lugares onde há melhores serviços, melhores empregos e uma vida melhor do que eles podem ter entre eles.

Homens e mulheres deixam as áreas rurais em grande número, deixando comunidades que devem fortalecer e estruturar e abandonar seus amigos, suas famílias e sua cultura.

Emigram para as grandes cidades em busca de trabalho e um futuro melhor, mas sem educação formal ou qualificação, muitos permanecem à margem da sociedade a que aspiram pertencer.

O êxodo de jovens põe em risco o tecido social das comunidades rurais e agrava os problemas que a Nova Agenda Urbana busca resolver: moradias precárias e insalubres, falta de trabalho e insegurança e superlotação.

As pessoas migram quando as opções em sua localidade são limitadas. Mas se investirem em sua formação, no desenvolvimento de negócios rurais, em assistência técnica e oferecerem sustentação econômica, conectividade, boas estradas, serviços de saúde, eletricidade, suas opções se ampliam e a pressão sobre os centros urbanos diminui.

Vimos isso acontecer em países onde a criação de uma rede de universidades descentralizadas aumenta o número de jovens formados e treinados em comunidades rurais e como eles contribuem para transformar centros rurais abandonados em cidades animadas.


E também observamos como em comunidades onde fazer pequenos investimentos para desenvolvimento de negócios e acesso a serviços financeiros permitiu que alguns empreendedores rurais iniciassem atividades econômicas viáveis ​​e gerassem renda para suas famílias, empregos para vizinhos e serviços para suas comunidades.

Há outra razão pela qual as áreas rurais prósperas são essenciais para a prosperidade dos centros urbanos.

Os pequenos agricultores e pescadores são os principais produtores de alimentos na maioria dos países em desenvolvimento. Na Ásia, África e Caribe, eles produzem até 90% do que as populações locais comem diariamente.

Com o crescimento da população mundial, a quantidade e a qualidade dos alimentos produzidos pelas comunidades rurais precisarão ser aumentadas.

As comunidades rurais e urbanas são altamente interdependentes para alcançar um crescimento sustentável. Vivemos em um mundo interconectado, mas onde as desigualdades entre pessoas, regiões e países levam cada vez mais pessoas de suas comunidades de origem para as cidades em busca de uma vida melhor. Alimentos frescos terão que chegar aos mercados mais rapidamente. Mercados e em melhores condições , e os agricultores terão que pagar preços mais justos para poderem investir na melhoria de seus produtos, preservar o meio ambiente e construir resiliência para lidar com a variabilidade climática.

Ao melhorar as condições de vida das populações rurais pobres e dar-lhes oportunidades de crescimento, podemos reduzir a pressão sobre as grandes cidades e criar sociedades mais equilibradas e prósperas.

* Josefina Stubbs é candidata a presidir o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (IFAD), onde foi Vice-Presidente Adjunta de Estratégia e Conhecimento entre 2014 e 2016. David Lewis é Professor de Desenvolvimento e Política Social na London School of Economics and Political Ciência.

Traduzido por Verónica Firme
Foto da capa: favelas na cidade portuária de Karachi, no sul do Paquistão, interferem no planejamento urbano. Crédito: Muhammad Arshad / IPS Foto interna: Crianças caminham em uma favela no Peru. Cortesia do jornal La República / IPS

IPS News

http://www.ipsnoticias.net/


Vídeo: 004. Projeto Cidades Saudáveis (Julho 2022).


Comentários:

  1. Xicohtencatl

    Alguém não foi capaz de fazer isso)))

  2. Aghamore

    I recommend to you to visit a site on which there is a lot of information on a theme interesting you.

  3. Han

    Obrigado pela informação valiosa. Foi muito útil para mim.

  4. Lasse

    Nele algo está. Claramente, muito obrigado pela ajuda nesta questão.

  5. Tam

    A excelente ideia

  6. Zushakar

    Cá entre nós, pediram-me ajuda dos utilizadores deste fórum.

  7. Reuben

    Que palavras... super, frase brilhante



Escreve uma mensagem