TÓPICOS

Todos nós podemos plantar, doar ou adotar uma árvore nativa

Todos nós podemos plantar, doar ou adotar uma árvore nativa


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por Matilde Moyano

Se muitas pessoas realizam pequenas ações, uma mudança importante pode ser gerada. É o que nos disseram Elizabeth Fogwill e Milagros Sánchez do Movimento Água e Juventude durante nossa visita à ExpoBIO Argentina Sustentable. Eles promovem a campanha Tree Week, que em sua quinta edição continua a conscientizar sobre o reflorestamento e a importância de vincular as pessoas às árvores nativas.

O objetivo desta iniciativa é fornecer ferramentas para que qualquer pessoa possa plantar, doar ou adotar uma árvore, por meio de um site que hospeda um mapa a partir do qual você pode indicar qual dessas três ações deseja realizar. Elizabeth nos contou que eles já trabalharam do México até a Terra do Fogo, e esclareceu que “se chama Semana da Árvore, mas na realidade a campanha é durante todo o ano. O que se faz na Tree Week é quantificar o número de árvores que podem ser plantadas em uma semana ”.


Em 2016, mais de 55.000 árvores já foram colocadas. Municípios, entidades, escolas, mas também particulares participam dessa ação: “Muita gente faz mudas, mas se uma vez que a árvore crescer não dá pra ficar em casa coloca como doação na página para que alguém possa adotar e plantar Elizabeth explicou.

Embora a Tree Week não vá resolver o grave problema de desmatamento que nosso país atravessa, ela contribui para a conscientização. Milagros indicou que é “uma ferramenta de conscientização, além do fato de haver benefícios em termos de captura das emissões de dióxido de carbono. Você pode ver um impacto, cada árvore captura 0,55 toneladas de CO2 por ano. A gente mede isso, é um ótimo indicador e também o utilizamos como mais uma forma de sensibilizar para o problema das alterações climáticas e de como mitigá-lo ”, acrescentando que“ a ideia principal é restabelecer um vínculo com o nosso meio ambiente, procuramos sensibilizar sobre qual é a nossa relação com as árvores , no caso nativo, e também restabelecer a ideia da importância do nativo em relação ao que é nosso, voltar um pouco às nossas raízes e ao que é típico do nosso patrimônio natural ”.

Municípios como San Miguel, Quilmes, Tigre, províncias como Salta, Misiones, Tucumán, Entre Ríos, e também países como México, Colômbia e Paraguai participam da ação. Atualmente em Río Negro, por exemplo, se plantam árvores em grande quantidade, também é importante destacar que o objetivo é poder contabilizar pequenas ações.

Abaixo você pode assistir um vídeo da Semana da Árvore, que através do slogan "E se as árvores pudessem falar, você sabe o que diriam?" explica que eles purificam o ar, absorvem dióxido de carbono, ajudam a reduzir o efeito das mudanças climáticas, amortecem o ruído, fornecem sombra, regulam a temperatura do ambiente, melhoram a paisagem, evitam inundações e muito mais:


Vídeo: É possível aliar produção e conservação na cultura da erva-mate? (Junho 2022).


Comentários:

  1. Thoth

    Parece -me o pensamento brilhante

  2. Eadgard

    I have eliminated the problem

  3. Kigajar

    As mensagens pessoais são enviadas para todos hoje?

  4. Kajill

    Você permite o erro. Eu posso defender minha posição. Escreva para mim em PM, discutiremos.

  5. Yeshurun

    Na minha opinião, eles estão errados.



Escreve uma mensagem