TÓPICOS

Tóquio 2020: Eles farão medalhas olímpicas com celulares reciclados

Tóquio 2020: Eles farão medalhas olímpicas com celulares reciclados


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

As medalhas olímpicas geralmente são feitas de metais extraídos de mineradoras. O país asiático não possui recursos minerais e, segundo a rede BBC, está em busca de uma solução sustentável. Crie-os a partir da reciclagem de celulares, medida ecologicamente correta e econômica para o comitê.

Produtos eletrônicos como smartphones e tablets contêm pequenas quantidades de metais preciosos e raros, incluindo platina, paládio, ouro, prata, lítio, cobalto e níquel. Muitos países não têm uma lei que regule o destino dos resíduos tecnológicos e, embora este não seja o caso do Japão, os orientais optaram por continuar dando nova vida aos resíduos.

Cerca de 650.000 toneladas são descartadas a cada ano no Japão, mas estima-se que menos de 100.000 toneladas sejam coletadas para reciclagem. Portanto, para os jogos de 2020, o Japão provavelmente terá que recorrer a outros países ou empresas que contribuem com a coleta de metais reciclados para obter ajuda.

Para os jogos de 2020, 5 esportes serão adicionados às competições. Beisebol, caratê, skate, escalada olímpica e surf; por isso serão necessárias muitas mãos que contribuam na realização das medalhas.

Nos Jogos que aconteceram no Rio de Janeiro neste mês, foram produzidas 5.130 medalhas. Com a iniciativa, o Japão poderá reduzir consideravelmente seus gastos e também contribuirá com o planeta.

Japão e mais


Vídeo: Olympic Games Tokyo 2020 - Get Ready! (Pode 2022).