TÓPICOS

Chilenos no Haiti ensinam como construir hortas para plantações de subsistência

Chilenos no Haiti ensinam como construir hortas para plantações de subsistência


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Mais de 120 pessoas e 19 famílias já veem os frutos diretos do projeto "Hortas comunitárias comunitárias como meio de segurança alimentar para a comunidade Fonte Jean Jacques", liderado pelo Engenheiro Civil Industrial da Universidade do Chile, Trinidad Cádiz e outros chilenos na Fundação La Casa del Señor.

O projeto que conta com o apoio do Fundo Chile contra a Fome e a Pobreza, iniciativa conjunta do Governo do Chile representado pela Agência Chilena de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional (AGCID) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD Chile), está localizado no setor rural ao sul da cidade de Aquin, na aldeia vivem cerca de 500 famílias cujos membros são principalmente crianças, todos com baixíssimo nível de alfabetização.

A iniciativa contempla quatro frentes de trabalho que incluem recuperação e manutenção do abastecimento de água de nascente a tanque de acumulação; a implantação de sistemas de manejo de águas pluviais, para uso doméstico e para medidas de manejo que possibilitem amenizar os efeitos destrutivos das águas superficiais que correm pelos solos erodidos; a perfuração de novos poços de água; realizando uma série de etapas cujo objetivo final é dotar os habitantes da comunidade de recursos e conhecimentos para a criação e manutenção de hortas familiares.

Segundo Trinidad Cádiz, “os pomares proporcionarão aos habitantes frutas de alto valor nutritivo para complementar uma dieta muito pobre e, eventualmente, se tornar uma fonte de renda para a família”.

Agrônomos experientes participaram da preparação das hortas caseiras, que avaliaram a terra e treinaram e apoiaram os beneficiários no local na seleção das variedades a serem plantadas, preparo do solo, compostagem, construção das mesas do viveiro e instalação das cercas de demarcação outras atividades.

“Outras 39 famílias já começaram a preparar o composto em casa, a primeira etapa de um processo que continua com a seleção das sementes que querem plantar no viveiro e a germinação das mudas, culminando com o cercamento e preparo do terreno a partir de seu jardim e o transplante de suas mudas ”, comenta Cádiz.

O apoio da Fundação La Casa del Señor termina no próximo mês de novembro e “a percepção dos líderes comunitários é de que sua vida mudou. Eles têm bastante água, verduras em casa e veem que outras pessoas querem vir morar na Fonte Jean Jacques, até o valor do terreno começou a subir ”, finaliza o especialista.

Eu vejo verde


Vídeo: Orégano - como desidratar (Pode 2022).