TÓPICOS

Os consumidores também são educados neste sistema

Os consumidores também são educados neste sistema


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por Rosalía Pellegrini

“As hortaliças agroecológicas não são aceitas no mercado porque existem diretrizes culturais que nos dizem o que comer. Essas diretrizes vêm do agronegócio e nos impõem quais variedades devemos consumir -que são as produzidas pela Syngenta, Monsanto, DuPont, Bayer, Cargill-, como tem que ser. Hoje o mesmo é comido em todo o mundo e a produção camponesa se perde ”, alertou Pellegrini.

Em relação às diretrizes culturais que atualmente se impõem na hora do consumo, a referência do Sindicato dos Trabalhadores da Terra (UTT) especificou que “a acelga que a gente comercializa, por exemplo, pode ter algumas manchas e o tomate não parece gosta de quem vende publicidade, mas o mercado não quer isso, o que é natural, sem contaminantes ”.

“Os consumidores também são educados neste sistema de que desejam outro tipo de vegetal”, disse ele.

Avançado:

No início do mês, Tamara Perelmuter, da Multisectorial contra a Lei de Sementes de Monsanto, falou à Ansol sobre o projecto que visa modificar a legislação em vigor desde 1973 (ver aqui).

“A negociação está sendo feita em segredo, o rascunho não é público e ao contrário de anos anteriores não houve vazamento de rasura. Com base nas discussões que ocorreram de 2012 até agora, sabemos de onde vem a modificação e sabemos o que as empresas estão pedindo: o debate está voltado principalmente para o uso próprio, ou seja, a possibilidade de guardar sementes sem pedir licença ou pagamento royalties ”, explicou.

Embora não haja prazos oficialmente reconhecidos, órgãos ambientalistas e produtores indicam que o projeto está praticamente aprovado e que será aprovado, seja no Congresso ou por decreto, em agosto.

O Multissetorial contra a Lei de Sementes, um espaço aberto de trabalho que tenta evitar o avanço dessa lei que divulga as alternativas ao agronegócio.

ANSOL


Vídeo: Movimentos da Lua - rotação, translação e revolução (Pode 2022).


Comentários:

  1. Conroy

    Lamento não poder participar da discussão agora - não há tempo livre. Mas eu estarei livre - com certeza vou escrever o que penso sobre esse assunto.

  2. Bordan

    Eu sou certamente, desculpe, a proposta de ir por outro caminho.

  3. Voshura

    Considero, que você está enganado. Envie-me um e-mail para PM, vamos discutir.

  4. Trumble

    Parabéns, brilhante ideia

  5. Warfield

    Uma boa ideia



Escreve uma mensagem