TÓPICOS

Eles revelam a data em que terminará a água potável na Terra

Eles revelam a data em que terminará a água potável na Terra


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Antes do ano 2050, os seres humanos poderiam usar todos os recursos de água potável do planeta. Isso é revelado em um artigo publicado pela Inquisitr com base em um relatório secreto vazado pelo WikiLeaks.

O relatório foi escrito por executivos da Nestlé, conscientes do perigo que esse problema representa para os interesses da maior empresa de alimentos do mundo. De acordo com o relatório secreto, um terço da população mundial teria problemas de falta de água antes de 2025, enquanto a situação se tornaria catastrófica em 2050.

A razão

O relatório, obtido secretamente por autoridades americanas, detalha como a dieta centrada na carne do Ocidente está acabando com a água potável. Isso porque para alimentar o gado é preciso cultivar toneladas de milho e soja, que por sua vez requerem grandes quantidades do precioso líquido.

Em vez disso, se os humanos consumissem diretamente esses vegetais, muito menos água seria desperdiçada. Atualmente, os americanos são os maiores consumidores de carne em todo o mundo, mas esse indicador está crescendo em países como Índia e China.

Se todos no planeta tivessem os mesmos hábitos alimentares que o americano médio, a água potável teria acabado já em 2000, quando o planeta atingiu 6 bilhões de habitantes. Uma solução alternativa para abraçar o vegetarianismo seria colonizar outro planeta para salvar a humanidade. E, por mais rebuscado que possa parecer, já existem propostas desse tipo.

O Banco Mundial calcula perdas por falta de água

O relatório da Nestlé foi escrito e apresentado secretamente em 2009 a altos funcionários dos EUA, embora o WikiLeaks o tenha divulgado apenas na semana passada. No entanto, as conclusões deste documento de sete anos atrás foram confirmadas de forma independente pelo Banco Mundial, que publicou nesta terça-feira um relatório sob o título "Mudanças Climáticas, Água e Economia".

De acordo com o relatório, até 2050 a disponibilidade de água potável nas cidades será um terço do nível atual. No geral, a essa altura, a escassez de água afetará gravemente a economia, sendo o Oriente Médio, o Norte da África, a Ásia Central e partes do Sul da Ásia as regiões mais afetadas, onde as economias perderão entre 7 e 14% do PIB.

O relatório alerta que o déficit hídrico se dará tanto por fatores climáticos, quanto pelo aumento da demanda por água potável, devido ao crescimento da população, das economias e das cidades.

Notícias RT


Vídeo: Cartilha Planeta Água - O mau uso da água (Pode 2022).