TÓPICOS

O pedido de perdão serve aos povos nativos?

O pedido de perdão serve aos povos nativos?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Pela Confederação Mapuche de Neuquén

E os indígenas reagiram ao toque: as palavras não bastam! Porque palavras, neste sistema, são mercadorias baratas.

No entanto, esse ato tem um significado enorme. Ninguém, pessoalmente, e ainda mais se falamos de Estados-nação, acha fácil admitir as iniquidades ou atrocidades que cometeu.

O PERDÃO, do ponto de vista político em que se expressa ao falar da relação com as nações pré-existentes, não é apenas um ato redentor. É o reconhecimento de um dano causado e a responsabilidade por aquele dano causado, o que requer uma política de REPAROS.

O mundo organizado no sistema das Nações Unidas reconhece o direito à reparação pelos crimes de escravidão, colonialismo e saque de patrimônio cultural. Esses crimes são considerados crimes contra a humanidade e, portanto, não prescrevem a tempo. Esta é uma das conclusões mais fortes que surgiram recentemente. Portanto, esses crimes estão sujeitos ao direito de reparar os danos causados ​​por seus autores materiais ou por seus seguidores históricos.

Assim, o dever de processar, punir ou reparar danos de acordo com o direito internacional cabe inicialmente ao Estado em cujo território esses danos foram cometidos. E inclui medidas de caráter cultural, político, territorial e econômico.

Isto foi explicado pelo CONSELHO PLURINACIONAL ao Presidente Kirchner em uma reunião realizada no marco do Bicentenário da chamada Revolução de Maio e expressa no “Documento do Bicentenário. Lá estava escrito: “É necessário criar um Fundo Especial Permanente (Trust Fund) que tenha orçamento suficiente para permitir a implementação dos Planos de Vida que cada Povo vai definir em seus territórios (Desenvolvimento a partir da Identidade).

O Fundo Especial de Reparação Histórica para a implementação do Plano de Vida Comunitária obriga a que seja amparado por Lei Nacional, para o libertar das pressões e manipulações das administrações conjunturais, e terá os recursos afectados pelo orçamento geral à população nacional administração ou qualquer outra entidade que seja estabelecida no futuro, explicamos.

A criação deste Fundo Especial deve ter o caráter de ser uma medida que avance para a reparação histórica, por parte do Estado argentino, do genocídio, perseguição, maus-tratos, discriminação e, principalmente, da apropriação indevida dos territórios indígenas violentamente ocupados.

Estados como Canadá, Bolívia, Venezuela, Austrália, interpretando os sentimentos e pensamentos das novas gerações, geraram eventos históricos de reparação desde o PEDIDO DE PERDÃO aos diversos povos indígenas pré-existentes, buscando curar feridas ainda sangrantes.

Não há dúvida, então, que um PEDIDO DE PERDÃO tem implicações para os Povos Indígenas que vão muito além de um ato simbólico, retórica ou redenção cristã e pode se tornar um passo urgente que pode pagar anos de dor e opressão.

Fonte: Página da Confederação Mapuche de Neuquén no Facebook: https://www.facebook.com/Confederaci%C3%B3n-Mapuche-de-Neuqu%C3%A9n-444250588989024/?fref=nf


Vídeo: BBB21 - Fiuk Chorando, Pedindo Desculpas Por Ser Homem. (Pode 2022).


Comentários:

  1. Malarr

    É isso que crianças menores de 16 anos devem ver

  2. Muramar

    Eu acho que é o caminho errado e você tem que se enrolar dele.

  3. Vigami

    Eu acho que erros são cometidos.

  4. Pandareos

    He is certainly not human

  5. Icelos

    Que tópico divertido

  6. Edgardo

    E o que você deve fazer neste caso?

  7. Kwabena

    Eu não duvido disso.



Escreve uma mensagem