TÓPICOS

Poluição sufoca rios do país

Poluição sufoca rios do país


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Ambientalistas e entidades comunitárias concordam que não existe uma varinha mágica para deter a degradação dos rios, por isso apelam às autoridades governamentais para que promovam leis que acabem com a deterioração dos corpos d'água naturais.

No país existem 38 bacias hidrográficas que produzem cerca de 93 mil 388 milhões de metros cúbicos de água por ano -sete vezes acima do limite mundial-, mas segundo relatório do Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia, a alta grau de poluição nos riachos pode causar uma escassez desse recurso.

Virginia Mosquera, do Instituto de Agricultura, Recursos Naturais e Meio Ambiente (Iarna) da Universidade Rafael Landívar (URL), destacou que o país possui normas permissíveis e sem lei para esgoto, o que deixa um grande vazio, pois qualquer pessoa pode despejar resíduos nos rios .

O mais recente relatório ambiental do Governo, apresentado em 2011, conclui que a contaminação dos corpos hídricos é de 90 por cento, sendo a maior parte devida às águas residuais domésticas, industriais e agroindustriais e, em menor medida, pela erosão do solo e fenômenos climáticos como El Niño.

Esse mesmo relatório especifica que desde 2011, a água de 19 rios não é adequada para o consumo humano, entre eles o Motagua, o mais longo e com maior vazão.

Estudos recentes mostram que os resíduos fecais e o cádmio - um metal semelhante ao estanho, altamente tóxico - são os poluentes com maior presença nos rios. Em outros casos, foram encontrados alumínio, nitratos e cromo.

O relatório oficial de 2011 refere o facto de naquele ano ter aumentado o número de mortes associadas à poluição das águas, precisamente em maio, quando foram registadas 253 em todo o país.

O Centro Legal, Ambiental e de Ação Social (Calas) detalha em relatório que cerca de 12 mil menores morrem de diarreia a cada ano, devido à contaminação da água que consomem.

Dados do Sistema de Informação de Gestão de Saúde (Sigsa) indicam que neste ano 406 crianças morreram de diarreias e gastroenterites de suposta origem infecciosa. Alta Verapaz registra o índice mais alto com 67 casos; Huehuetenango, 58; San Marcos, 55, e Quiché, 38. Em 2014, cerca de 518 crianças morreram.

Os departamentos com o menor número de mortes por contaminação da água são Zacapa, Retalhuleu e El Progreso, cada um registrando um caso.

Preocupação generalizada

Saúl Pauu Maaz, coordenador da Comissão pela Vida e Natureza de Sayaxché, Petén, destacou que não existem programas de conservação ou conscientização no rio La Pasión, apesar de que em maio e junho deste ano morreram milhares de peixes e outras espécies de fauna aquática ao longo de quase cem quilômetros. Em seguida, a empresa Reforestadora de Palma (Repsa) foi apontada como a principal responsável; no entanto, a investigação não foi concluída.

“A poluição causa perdas nas lavouras e é uma ameaça, porque nas próximas duas décadas pode haver estiagem”, disse Pauu Maaz.

Roy Flores, diretor da Área de Saúde Sayaxché, destacou que devido à contaminação que foi constatada em junho passado no rio La Pasión, várias pessoas tiveram alergias, doenças crônicas e problemas digestivos.

Alarmado

Em El Progreso, os moradores estão alarmados com a contaminação do rio Motagua, que se transformou em lixão e área de pastagem.

“Foi solicitado às autoridades um plano de proteção, porque além de afetar a saúde, 80% do desenvolvimento da economia depende do rio”, disse Rubén Paiz, presidente do Conselho de Desenvolvimento Comunitário de El Rancho, San Agustín Acasaguastlán.

“No verão os odores que atraem as moscas são fortes. Durante o inverno o rio carrega lixo e inunda terras agrícolas ”, acrescentou.

Mery Marín, delegada do Ministério do Meio Ambiente, destacou que se o problema persistir, o Motagua pode virar um ralo.

Além disso, nas praias da reserva protegida de Punta de Manabique, Puerto Barrios, Izabal, se observam toneladas de lixo na foz do Motagua, que vão para o Mar do Caribe, e as ondas expulsam grande parte dele, já que vizinhos de outros departamentos jogam seus resíduos no afluente.

Yandi Sarmiento, líder comunitário de El Quetzalito, Puerto Barrios, destacou que o alto grau de contaminação do rio afeta a saúde, pois uma grande quantidade de lixo se acumula em vários quilômetros, o que afeta a atividade pesqueira.

A angústia também se faz sentir em Santa Rosa, pela contaminação do rio Los Esclavos. “É uma pena que desde que o rio começa seu percurso haja contaminação, e isso ocorre porque muitos municípios não possuem estação de tratamento de esgoto”, disse Kevin Jiménez, representante da Comissão Diocesana de Defesa da Natureza, que criticou a existência de Recentemente, o Ministério de Minas e Energia concedeu licença de construção a uma empresa que utiliza maquinários que despejam óleo diesel no afluente.

Outros casos

Em Alta Verapaz há temores pela contaminação dos rios Cahabón e Polochic, apesar de que de 2010 a 2012 várias instituições do Estado elaboraram o Plano Estratégico de Gestão Sustentável, mas não foi dado continuidade e o perigo persiste.

Em Retalhuleu, a contaminação do rio Samalá e das lagoas Azul e Muerto é questionada pelas comunidades, que se preocupam com a invasão de suas águas pelos resíduos da cana; No entanto, José González, delegado do Ministério do Meio Ambiente, assegurou que não recebeu denúncias ou denúncias a respeito.

O caudal do rio Selegua, em Huehuetenango, diminuiu consideravelmente no verão, porque as suas águas são utilizadas para irrigar as culturas, segundo os residentes da zona de Cuchumatanes.

Vizinhos e entidades ambientais consideram necessário que as autoridades concentrem seus esforços na conservação dos recursos naturais, uma vez que são cada vez mais escassos.

Imprensa livre


Vídeo: Escolas fechadas por poluição em Nova Délhi (Junho 2022).


Comentários:

  1. Percyvelle

    Você fala de fato

  2. Jarlath

    Esta ideia notável é necessária apenas pela maneira

  3. Yozshugrel

    Bata no local.

  4. Yozilkree

    Muito certo! Parece-me que é boa ideia. Concordo com você.

  5. Naoko

    Antes de pensar o contrário, agradeço a ajuda nesta pergunta.

  6. Kigak

    Alterar o nome de domínio

  7. Qadir

    Eu acredito que você está errado. Tenho certeza. Vamos discutir. Envie -me um email para PM, vamos conversar.



Escreve uma mensagem