TÓPICOS

Suécia quer ser o primeiro país a renunciar aos combustíveis fósseis

Suécia quer ser o primeiro país a renunciar aos combustíveis fósseis


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

"Nossa ambição é nos tornarmos o primeiro país do mundo livre de fontes de energia fóssil", disse o político a jornalistas durante a conferência sobre Mudança Climática em Paris.

O político acrescentou que a expansão de fontes alternativas de energia favoreceria o crescimento econômico e geraria empregos.

Além disso, ele destacou que a Suécia é o maior doador do Fundo Verde para o Clima, criado como resultado da cúpula do clima em Copenhague em 2009.

O primeiro-ministro sueco considera importante a conferência que se abre em Paris, visto que será necessário debater "um dos temas mais importantes para a geração atual, que posteriormente poderá garantir a vida no planeta".

O político disse não ter grandes esperanças de “aprovar um tratado que vigorará por um longo período”, mas como mais de 100 países manifestaram a vontade de participar desse trabalho, ele está otimista.

No dia 30 de novembro, foi inaugurada em Paris a Conferência Internacional da ONU sobre Mudanças Climáticas, com a participação de Chefes de Estado e de Governo de 138 países.

O evento busca chegar a um acordo que suceda ao protocolo de Kyoto da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima.

Mundo Sputniknews


Vídeo: Suecos (Pode 2022).