TÓPICOS

Multa italiana de 40 milhões para aterros ilegais

Multa italiana de 40 milhões para aterros ilegais


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O tribunal com sede em Luxemburgo ordena que a Itália pague uma multa decrescente de 42,8 milhões de euros por semestre até que a sentença seja executada. Deste montante, serão deduzidos 400.000 euros para cada um dos locais com resíduos perigosos regularizados e 200.000 euros para cada um dos outros locais regularizados.

A decisão ressalta o fracasso de sucessivos governos italianos em lidar com um escândalo ambiental acusado de ser responsável por níveis anormais de câncer e outras doenças em partes da região da Campânia, ao sul da cidade de Nápoles.

A CE observou que 218 aterros localizados em dezoito das vinte regiões italianas não estavam em conformidade com a diretiva de resíduos. Alguns deles contêm efluentes industriais altamente tóxicos.

Mas a Campânia, lar da famosa Camorra, há muito é considerada o centro da crise. A região está repleta de aterros fedorentos e incêndios ilegais que regularmente enviam nuvens de fumaça preta para a atmosfera.

O problema persistiu apesar das promessas de construção de novos incineradores e locais de tratamento de resíduos orgânicos, e uma sucessão de medidas de emergência, incluindo o transporte de resíduos de Nápoles para outras regiões da Itália ou para países como Alemanha e Espanha.

O TJUE observa na sua decisão que fechar um aterro ilegal ou enterrar os resíduos não é suficiente para cumprir as normas ambientais da UE.

Acrescenta que a Itália não só falhou na eliminação segura dos resíduos, como nem sequer apresentou um balanço completo das quantidades e da natureza dos resíduos tóxicos despejados em muitos desses aterros ilegais.

Também indica que o progresso da Itália no cumprimento de suas obrigações será monitorado semestralmente e que o país terá que dar à CE "prova de que as medidas necessárias foram adotadas" para fazer cumprir a decisão de 2007.

Economia circular


Vídeo: Como pagar multa pela internet com desconto - Pagar multas de trânsito (Pode 2022).