TÓPICOS

Lições para a Jamaica depois de uma seca de US $ 1 bilhão

Lições para a Jamaica depois de uma seca de US $ 1 bilhão


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por Desmond Brown

“A disparidade entre os muito ricos e os muito pobres na Jamaica significa que aqueles que vivem na pobreza ou extrema pobreza, mulheres chefes de família com muitos filhos e idosos sofrem uma grande desvantagem neste período”, disse Judith Wedderburn, diretora do projeto neste país da fundação alemã Friedrich-Ebert-Stiftung (FES).

“A preocupação é que à medida que as consequências das mudanças climáticas se estendem por vários anos, esse tipo de situação, como maiores enchentes com períodos de seca extrema, se torne cada vez mais extrema”, disse.

Wedderburn, que falou à IPS no âmbito de um workshop para jornalistas organizado pela FES e Panos Caribe no início deste mês, disse que os países desta região, que já têm um espaço limitado para a produção de alimentos, agora têm o desafio adicional de lidar com episódios de chuvas extremas ou secas devido às mudanças climáticas.

“Na Jamaica tivemos vários meses de seca e isso afetou as mais importantes paróquias produtoras de alimentos (divisão política)”, explicou, acrescentando que o problema não termina com o fim da seca.

“Somos afetados por chuvas extremas que levam a inundações. As comunidades agrícolas perdem suas safras durante as secas e as famílias sofrem o impacto ”, continuou.

“A produção de alimentos é interrompida e o custo dos alimentos aumenta, tornando ainda mais difícil para muitas famílias já pobres o acesso a produtos locais acessíveis, contribuindo para a insegurança alimentar; ou seja, as pessoas não têm fácil acesso aos produtos necessários para uma boa alimentação da família ”, acrescentou.

Dale Rankine, doutorando da University of the West Indies, prevê que a situação pode piorar. Os modelos de mudança climática sugerem que a região ficará mais seca entre meados e o final do século, disse à IPS.

“Vemos projeções que sugerem que podemos ter uma redução de 40% ou mais na quantidade de precipitação, especialmente nos meses de verão. Isso geralmente coincide com a estação chuvosa típica ”, observou Rankine.

“Isso é particularmente importante porque terá um impacto especial na segurança alimentar. Também há indícios de que podemos ter uma frequência maior de secas e inundações, e essa grande variabilidade com certeza vai prejudicar as lavouras ”, frisou.

Ele também notou um "padrão interessante" de aumento das chuvas nas regiões centrais, mas apenas nas regiões externas, enquanto nas regiões oeste e leste houve diminuição das chuvas.

“Isso é muito interessante porque os locais mais importantes para a segurança alimentar, especialmente as paróquias de Santa Isabel e Manchester, por exemplo, sofrem uma diminuição da média de chuvas e isso tem consequências sobre o quão produtivas nossas regiões produtoras vão ser”, observou Rankine. .

A Administração Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA) anunciou que setembro deste ano foi o mais quente em 135 anos já registrado. Naquele mês, a temperatura média global era de 15,72 graus, o que tornou o período recorde de quatro meses, junto com maio, junho e agosto.

De acordo com o National Climate Data Center da NOAA, os primeiros nove meses de 2014 viram temperaturas globais médias de 14,78 graus, competindo com 1998 pelos primeiros nove meses mais quentes.

O Ministro de Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Água e Terra da Jamaica, Robert Pickersgill, disse que mais de 18.000 pequenos agricultores sofreram o impacto da atual seca extrema que este país vem sofrendo há meses.

A agricultura perdeu quase US $ 1 bilhão devido à seca e incêndios florestais causados ​​pelo calor extremo.

Pickersgill disse que a diminuição das chuvas reduziu significativamente o fluxo de água de córregos e rios em várias instalações em todo o país.

“Os dados preliminares da precipitação de junho passado indicam que a Jamaica recebeu 30 por cento menos água da chuva do que o normal e todas as paróquias, exceto partes de Westmoreland (54 por cento) receberam menos da metade do que normalmente recebem.

“As paróquias do sul de Santa Isabel, Manchester, Clarendon, Santa Catarina, Kingston e Santo André e Santo Tomás, junto com Santa Maria e Portland foram as mais afetadas”, disse ele.

Clarendon, disse ele, recebeu apenas 2% da precipitação normal, seguido por Manchester, com 4%, Saint Thomas, com 6%, Saint Mary, com 8%, e Kingston e Saint Andrew, com 12%.

Além disso, Pickersgill disse que o afluxo de água para o reservatório Mona dos rios Yallahs e Negro é atualmente de 18,7 milhões de litros por dia, o menor volume desde a construção do gasoduto Yallahs em 1986.

Enquanto isso, a entrada da barragem de Hermitage é de 22,7 milhões de litros por dia, abaixo dos mais de 68 milhões de litros por dia na estação chuvosa.

“Está claro para mim que a evidência científica de que a mudança climática é um perigo claro e atual é mais forte do que nunca. Por isso, a necessidade de mitigar e se adaptar às suas consequências é ainda maior, por isso costumo dizer que com as mudanças climáticas também temos que mudar ”, disse Pickersgill à IPS.

A Jamaica precisa tomar medidas imediatas para se adaptar às mudanças climáticas, concordou Wedderburn da FES.

“O desafio para o governo é explorar que tipo de adaptação pode servir para ensinar os agricultores a melhorar a captação de água para que, em períodos de seca severa, eles possam continuar a cultivar e vender sua produção a preços razoáveis ​​como uma forma de lidar com a insegurança alimentar ”, acrescentou.

Editado por Kitty Stapp / Traduzido por Verónica Firme

Inter Press Service - IPS Venezuela
http://www.ipsnoticias.net


Vídeo: Conférence-Débat sur LExceptionnalisme Haïtien (Junho 2022).


Comentários:

  1. Loc

    Desculpe, mas isso não funciona para mim.

  2. Kazigal

    Na minha opinião, eles estão errados. Escreva para mim em PM, fale.

  3. Eadwiella

    Sério.

  4. Shaktilkree

    Dedicado a todos que esperavam boa qualidade.



Escreve uma mensagem